quarta-feira, 6 de outubro de 2010

JavaScript

Por Bruno Rafael.
Respondendo a pergunta de meu amigo Mikael, vamos clarear o que é o javascript

JavaScript é uma linguagem de programação criada por Brendan Eich para a Netscape em 1995, que a princípio se chamava LiveScript. A Netscape, após o sucesso inicial desta linguagem, recebeu uma colaboração considerável da Sun, a qual permitiu o uso do nome JavaScript para alavancar o Livescript, porém as semelhanças entre a linguagem da Sun o Java e o Javascript são quase nulas.
A linguagem foi criada para atender, principalmente, às seguintes necessidades:
  • Validação de formulários no lado cliente (programa navegador);
  • Interação com a página.
Assim, foi feita como uma linguagem de script. JavaScript tem sintaxe semelhante à do Java, mas é totalmente diferente no conceito e no uso.
De acordo com seu sistema de tipos, o JavaScript é:
  • fraca - sua tipagem é mutável;
  • dinâmica - uma variável pode assumir vários tipos diferentes durante a execução;
  • implícita - as variáveis são declaradas sem tipo.
  1. É interpretada, ao invés de compilada;
  2. Possui ótimas ferramentas padrão para listagens (como as linguagens de script, de modo geral);
  3. Oferece bom suporte a expressões regulares (característica também comum a linguagens de script).
Sua união com o CSS é conhecida como DHTML. Usando o Javascript, é possível modificar dinamicamente os estilos dos elementos da página em HTML.
Dada sua enorme versatilidade e utilidade ao lidar com ambientes em árvore (como um documento HTML), foi criado a partir desta linguagem um padrão ECMA, o ECMA-262, também conhecido como ECMAScript. Este padrão é seguido, por exemplo, pela linguagem ActionScript da Adobe(Antigamente Macromedia, porém a empresa foi vendida à Adobe).
Além de uso em navegadores processando páginas HTML dinâmicas, o JavaScript é hoje usado também na construção do navegador Mozilla, o qual oferece para a criação de sistemas GUI todo um conjunto de ferramentas (em sua versão normal como navegador, sem a necessidade de nenhum software adicional), que incluem (e não apenas) um interpretador de Javascript, um comunicador Javascript ←> C++ e um interpretador de XUL, linguagem criada para definir a interface gráfica de aplicações.

Abraço e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Admin: Bruno

Olá Galera! muito grato por estarem acessando nosso blog. Espero que seja possível transmitir de forma compreensível um pouco de meus conhecimentos em programação, para esta comunidade de desenvolvedores que cresce cada vez mais! Espero que Gostem! Abraço! E meu enorme obrigado à Renato Simões, Átila Soares,Wanderson Quinto, Emerson e a toda galera que sempre ajudou meu sincero obrigado....
Especialmente a Natalia Failache e Rita de Cassia que sempre apoiaram este sonho....

De seu amigo Bruno Rafael.