JavaScript

Por Bruno Rafael.
Respondendo a pergunta de meu amigo Mikael, vamos clarear o que é o javascript

JavaScript é uma linguagem de programação criada por Brendan Eich para a Netscape em 1995, que a princípio se chamava LiveScript. A Netscape, após o sucesso inicial desta linguagem, recebeu uma colaboração considerável da Sun, a qual permitiu o uso do nome JavaScript para alavancar o Livescript, porém as semelhanças entre a linguagem da Sun o Java e o Javascript são quase nulas.
A linguagem foi criada para atender, principalmente, às seguintes necessidades:
  • Validação de formulários no lado cliente (programa navegador);
  • Interação com a página.
Assim, foi feita como uma linguagem de script. JavaScript tem sintaxe semelhante à do Java, mas é totalmente diferente no conceito e no uso.
De acordo com seu sistema de tipos, o JavaScript é:
  • fraca - sua tipagem é mutável;
  • dinâmica - uma variável pode assumir vários tipos diferentes durante a execução;
  • implícita - as variáveis são declaradas sem tipo.
  1. É interpretada, ao invés de compilada;
  2. Possui ótimas ferramentas padrão para listagens (como as linguagens de script, de modo geral);
  3. Oferece bom suporte a expressões regulares (característica também comum a linguagens de script).
Sua união com o CSS é conhecida como DHTML. Usando o Javascript, é possível modificar dinamicamente os estilos dos elementos da página em HTML.
Dada sua enorme versatilidade e utilidade ao lidar com ambientes em árvore (como um documento HTML), foi criado a partir desta linguagem um padrão ECMA, o ECMA-262, também conhecido como ECMAScript. Este padrão é seguido, por exemplo, pela linguagem ActionScript da Adobe(Antigamente Macromedia, porém a empresa foi vendida à Adobe).
Além de uso em navegadores processando páginas HTML dinâmicas, o JavaScript é hoje usado também na construção do navegador Mozilla, o qual oferece para a criação de sistemas GUI todo um conjunto de ferramentas (em sua versão normal como navegador, sem a necessidade de nenhum software adicional), que incluem (e não apenas) um interpretador de Javascript, um comunicador Javascript ←> C++ e um interpretador de XUL, linguagem criada para definir a interface gráfica de aplicações.

Abraço e até a próxima!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Algorítimo Para Validar Cpf Segundo Receita Federal em Java

Executar Audio em Java Swing

Gerenciamento de projetos: Introdução, Experiência e Estudo - Parte I