domingo, 27 de maio de 2012

Conhecendo o GWT da Google

Programeiros e Programeiras, estou aqui hoje para falar um pouco sobre o quase desconhecido,mas muito bom e viável sistema desenvolvido pela nossa queridíssima Google, este chama-se GWT.


Google Web Toolkit
Lançado em16 de maio de 2006
Versãoestável2.0
Sistema OperacionalGNU/LinuxWindows e Mac OS X
LicençaLicença Apache 2.0
Página oficialhttp://code.google.com/webtoolkit
Portal das Tecnologias de informação
Google Web Toolkit é um toolkit de código-fonte aberto permitindo desenvolvedores a criar aplicativos com tecnologiaAjax em linguagem de programação Java [1]. GWT suporta cliente-servidordesenvolvimento e debugging em qualquer IDEJava. Exceto por algumas bibliotecas nativas, tudo é fonte Java que pode ser construído em qualquer plataforma com o GWT incluído Ant. Ele está licenciado sob a Licença Apache versão 2.0.[2]
GWT enfatiza reutilização, soluções eficientes para os desafios recorrentes da Ajax, ou seja, chamadas assíncronas de procedimento remoto, gerenciamento de histórico, favoritosInternacionalização e portabilidade entre navegadores.

[editar]História

GWT versão 1.0 RC 1 (build 1.0.20) foi lançado em 16 maio de 2006 [3]. Google anunciou GWT no JavaOne conferência, 2006.[4]

Datas de lançamento:
  • GWT 1.0 17 de maio de 2006
  • GWT 1.1 11 de Agosto de 2006
  • GWT 1.2 16 de Novembro de 2006
  • GWT 1.3 5 de Fevereiro de 2007
  • GWT 1.4 28 de Agosto de 2007
  • GWT 1.5 27 de Agosto de 2008
  • GWT 1.6 7 de Abril de 2009
  • GWT 1.7 13 de Julho de 2009
  • GWT 2.0 8 de Dezembro de 2009
  • GWT 2.0.1 2 de Fevereiro de 2010
  • GWT 2.0.2 12 de Fevereiro de 2010
  • GWT 2.0.3 18 de Fevereiro de 2010

Como os desenvolvedores web, uma coisa que nos deixa praticamente em curto é o número de opções quando se trata de web frameworks, linguagens e tempos de execução. O Google, só é agora oficialmente suporta pelo menos cinco plataformas diferentes: JavaScript, GWT , Closure , e os dois recentes adicionados NaCl e Dart .
Por um lado, é fácil olhar para essa lista e me pergunto por que toda esta concorrência. Afinal, todas estas equipes estão dentro da mesma empresa, não podem eles apenas concordar em trabalhar juntos? No entanto, se você olhar para o alcance total destes projetos, uma perspectiva um pouco mais interessante surge: não se trata de tentar encontrar "um verdadeiro caminho" para construir uma aplicação web moderna, em vez disso, intencionalmente ou não, o Google é o financiador e fornecedor de ferramentas para cada parte deste problema.

O "Google Web Toolkit"

Independentemente da tecnologia, o resultado final, no centro do diagrama, é a página HTML simples, que é executada pelo navegador. Ambas as tecnologias são algo que o Google colocou bastante investimento em: envolvimento pesado com HTML5 e, claro, o navegador Chrome em si.
No entanto, a maioria das aplicações web hoje em dia não são apenas HTML estático, para adicionar interatividade que historicamente têm confiado em JavaScript, que é onde o Chrome V8 vem em tempo de execução com foco na velocidade. " Rápido é um recurso ", especialmente quando você tem aplicativos como o GMail, que consistem de 443.000 linhas + de JavaScript handrolled !
Desenvolvimento em JavaScript pode ser divertido, mas a falta de ferramentas pode ser um problema em grande escala. Encerramento é uma tentativa de resolver este problema pela introdução de um linter dedicado / compilador, que também adiciona recursos como namespaces, verificação de tipo, ocultando dados, um "biblioteca padrão", e uma série de outras extensões. Na verdade, você escreve JavaScript , você passá-lo através do compilador , e a saída é otimizada e pequeno campo de JavaScript. A equipe do Google + tem professado seu amor pelo Closure em numerosas ocasiões , e eles são apenas uma das muitas equipes no Google usando-lo em produção.

Programação Web estruturado com GWT e Dart

Mas, você diz: Eu amo o Eclipse toolchain, Java e toda infra-estrutura que vem com ele - se pudéssemos usar isso para construir nossas aplicações web! Isso é o Google Web Toolkit (GWT).O SDK do GWT permite que você escreva todo o seu aplicativo em Java e, em seguida, compilar o código fonte em JavaScript otimizado. Na verdade, é exatamente como o Google AdSense é construído. E, para um exemplo mais "divertido", adicione um quadro como PlayN em cima de GWT, e você começa  a rodar AngryBirds no navegador !
No entanto, nem todo mundo é fã de Java. E se tivéssemos uma linguagem otimizada para "programação web estruturada"? Diga Olá para Dart . A linguagem ainda está em pré-visualização da tecnologia, mas a meta é adotar uma abordagem abrangente para o problema: estruturada, linguagem familiar , bibliotecas comuns, modularidade e suporte embutido ferramenta. Arrancar o seu editor de Dart (baseado no Eclipse), desenvolver e depurar o seu aplicativo eo compilador Dart irá emitir  JavaScript otimizado quando você enviar o produto.

Vida além JavaScript

Onde quer que haja um navegador, não é um motor de JavaScript. Isso faz com que um alvo JavaScript seja incrivelmente poderoso. No entanto, por que devemos fixar o futuro da web em JavaScript sozinho?
Dart, além de compilar a JavaScript também oferece o "Dart VM" , que irá executar o código diretamente em sua estação de trabalho local ou servidor. Na verdade, você pode até baixar e construir Dartium , que é um cromo  de como construir com um built-in Dart VM - sem JavaScript necessáriamente!
          
          de Dart ' ; 
      } 
    </ script> 
    <div  id = 'mensagem' > </ div> 
  </ body> 
</ html>
Mas se pudermos ter o Dart rodando nativamente no navegador, e sobre todas as outras línguas? este é Native Client(NaCl), que permite executar código nativo compilado diretamente no seu navegador! Pegue o seu C / C + + fonte, compile-o com o toolchain NaCl , e você pode ter o seu motor de física, jogo, ou qualquer outro app intensivo da CPU rodar diretamente no navegador.
Além disso, já trabalham em um recurso portátil NaCl (PNaCl), que aceitará qualquer bytecode LLVM e executá-o em NaCL - que, por sua vez, significa que nós podemos executar Python, Ruby, Lua, e dezenas de outros idiomas direita no navegador . Para os curiosos, veja o RubyConf 2011 palestra sobre o assunto abaixo:

A coopetição Google

É fácil olhar para todas as alternativas e pergunto, o que faz Dart significar tanto para GWT, ou Closure? O que é o "único caminho verdadeiro" para construir uma rede moderna app em 2012? A resposta curta é: pergunta errada, a resposta depende do seu contexto.
O próprio Google tem muitos produtos de alto perfil, alimentados por cada opção acima, e cada um tem seus pontos fortes e fracos, bem como uma audiência para a qual é a "pessoa certa" . Em vez de tentar apostar em qualquer única solução da Google para investir sistematicamente em cada ponto alternativo..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Admin: Bruno

Olá Galera! muito grato por estarem acessando nosso blog. Espero que seja possível transmitir de forma compreensível um pouco de meus conhecimentos em programação, para esta comunidade de desenvolvedores que cresce cada vez mais! Espero que Gostem! Abraço! E meu enorme obrigado à Renato Simões, Átila Soares,Wanderson Quinto, Emerson e a toda galera que sempre ajudou meu sincero obrigado....
Especialmente a Natalia Failache e Rita de Cassia que sempre apoiaram este sonho....

De seu amigo Bruno Rafael.